Agosto é o mês de conscientização pelo fim da violência contra a mulher.


Diante da necessidade de inibir os casos de violência doméstica no Brasil foi sancionada em 07 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha, que este ano completa 15 anos.
Hoje, a lei 11.340/2006, considera o crime de violência doméstica e familiar contra a mulher como sendo “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”.
Pensando nisso, nesta terça feira o CRAS com o apoio da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Ipecaetá, realizou na “Sala de Espera” uma roda de conversa com objetivo de conscientizar as mulheres do SCFV e PAIF sobre a temática. A equipe estendeu a AÇÃO aos adolescentes do Colégio Áureo Filho, onde a Coordenadora Roberta Oliveira e a Psicóloga Arlete Barbosa enfatizaram sobre a importância de conhecer os seus direitos como medidas de prevenção e combate a qualquer tipo de violência, inclusive contra a mulher.

A denúncia de violência contra a mulher pode ser feita em delegacias e órgãos especializados como o CREAS, onde a vítima procura amparo e proteção, ou ligue 180, central de atendimento à mulher, funciona 24 horas por dia, é gratuito e confidencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima